Resenha: Fãs do impossível

downloadNome: Fãs do impossível
Autora: Kate Scelsa
star-rating-icon-2-best

Sinopse:
Fãs do impossível conta a história de três amigos, Mira, Sebby e Jeremy, em meio aos complexos conflitos da adolescência. Mesmo sentindo-se despedaçados, sem motivos para serem amados e tentando não sucumbir à solidão, os três lutam pela vida, cada um à sua maneira.

Mira está começando em uma escola nova, depois de passar um tempo no hospital. Ela se sente insegura no novo ambiente e acha que não vai conseguir ficar longe de seu melhor amigo, Sebby, um garoto brincalhão que leva a vida com boas doses de mentira e bom humor, até que seu lado mais destrutivo vem à tona.

Jeremy está retornando à antiga escola, depois de um tempo afastado por causa de um incidente traumático que arruinou seu ano letivo. Tímido e quieto, ele deseja se aproximar de Mira e Sebby.

Juntos, contra todas as expectativas, eles vão viver o impossível.

__________________________________________________________________________________________________

Oi gente, tudo bem? Eu estou bem, obrigada!

Vou começar dizendo que falar “complexos conflitos da adolescência” é até pegar leve com o que esse trio tem que enfrentar. Antes de serem um trio, cada um lutava contra seus demônios sozinho. Mas quando passaram a ser um, o peso que carregavam nos ombros acabou sendo compartilhado entre os três.

Preciso dizer que os complexos são potencializados pelo bullying e a não-aceitação de si mesmo. E dito isso, você pode imaginar qualquer que seja a “peculiaridade” de cada um para continuar lendo essa resenha.

Mira, Sebby e Jeremy são adolescentes quase entrando na fase adulta, quando precisam decidir o que fazer após a escola, o que estudar, para qual faculdade seguir, essas coisas. Mas seus complexos o fazem empacar na vida. Mira, porque não se aceita como é e acha que nunca será o suficiente para alguém. Sebby, que pela sua história de vida e o que sofreu no último ano, não vê esperanças para pessoas “como ele”. E Jeremy, porque não consegue encontrar motivos para ter sofrido o que sofreu na primavera anterior.

Falando assim não temos como supor o que cada um deles passa, porque como é falado na sinopse, é complexo. Sim, é demais até. Durante a leitura fiquei tão ansiosa por querer saber a história de cada que quando soube efetivamente, meu coração murchou por eles. E a ligação com a família ou a falta dela é parte muito importante nessas revelações.

Mira é a mais sarcástica dos três, retrucando piadinhas ou fazendo comentários depreciativos e até mesmo engraçadinhos em alguns momentos. É o tipo de pessoa que esconde seu verdadeiro eu por achar que poderia decepcionar alguém por ser quem é.

Já Sebby é o mais poético, para não dizer dramático. Tudo para ele é motivo de filosofar e criar uma história fantasiosa em cima da realidade. Durante a leitura, é fácil entender os motivos de Sebby de sair da realidade e as formas que ele faz são bem difíceis de lidar.

E Jeremy é o mais calado e tímido da turma. Ele demora a perceber as mudanças que acontecem quando passa a ser amigo de Mira e Sebby, e acaba descobrindo coisas que estavam lá o tempo todo. Descobre também que a aceitação tem que vir de dentro, e que o valor de uma amizade verdadeira não tem preço.

Quando comecei a ler esse livro nem passava pela minha cabeça que esses assuntos seriam tratados de uma forma tão crua e realista. O drama dentro e fora de casa, as neuras da adolescência e os problemas pelo qual passavam estavam sempre tão detalhados, tão palpável ao leitor que sempre me perguntava quando viria a parte “feliz”.

Entendi que esse livro não fala de superação, fala sobre antes disso. Fala como você pode lidar com a vida acontecendo, com seus complexos e ainda descobrir coisas novas. Fala dos problemas que enfrenta em decorrência da sua doença, condição ou complexo, e como o resto do mundo pode se comportar e ser extremamente cruel.

A narrativa é meio confusa. Jeremy narra os próprios capítulos sobre ele, mas os capítulos de Mira e Sebby são narrados por uma outra pessoa, como se estivesse escrevendo uma carta para ela. Às vezes até parece que é Jeremy que os narra, mas aí fica confuso e você acaba não achando mais isso. Dá até para imaginar alguém apontando o dedo para Sebby ou Mira enquanto narra sua história.

Fiquei extremamente desapontada com o desfecho, mais por como acabou do que como foi escrito. Apesar de ser um livro muito bem escrito, detalhado e como falei cru na forma de descrever as dificuldades de cada um, não me disse nada sobre o depois. O que aconteceu com o futuro de cada um? O que conseguiram superar e deixar para trás? O quanto amadureceram depois dessa amizade? O que aconteceu???

Acho que as nossas perguntas serão as mesmas quando você terminar de ler.

Boa leitura!

Beijos

Flá ♥

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s